Pernilongo, Perna-longa

Himantopus himantopus

Taxonomia: Ordem: Charadriiformes; Família: Recurvirostridae

Estatuto de conservação: Global (UICN): LC (Pouco preocupante); Europa (SPEC): Non-SPEC (Não concentrada na Europa e com estatuto de conservação favorável); Portugal (ICNB): LC (Pouco preocupante)

Protecção legal: DL n.º 140/99, de 24 de Abril: Anexo A-I; Convenção de Berna: Anexo II; Convenção de Bona: Anexo II

Tipo de ocorrência: Estival (E); Invernante (I); Migrador de passagem (MP)

Abundância local: Acidental

Dados biométricos: Comprimento: 35 a 40 cm; Envergadura: 67 a 83 cm; Peso: 160 a 200 g

Pernilongo 1Identificação: Limícola elegante de coloração preta e branca e pernas compridas e rosa-avermelhadas. Inconfundível, apresenta o pescoço alongado, a cabeça delicadamente arredondada, o bico direito e fino como uma agulha. A porção das patas, cor-de-rosa e visível em voo, perfaz várias vezes o cumprimento da cauda. A fêmea apresenta o corpo todo branco, o macho possui a parte posterior da coroa, a nuca e a parte posterior do pescoço cinzentos. As asas são pretas, na parte superior e na parte inferior. Esta espécie efectua um voo directo com as patas projectadas.

Pernilongo 2 

Biologia da espécie: Distribuído de forma descontínua na Europa Ocidental e Meridional. Em Portugal nidifica sobretudo nas zonas costeiras a sul da Bacia do Vouga. Frequenta zonas de água doce, salobra ou salgada de pouca profundidade, como lagoas, salinas, arrozais ou estuários. É neste tipo de zonas da nossa costa que pode ser observado no Inverno. Por norma evita o frio, chuva e nevoeiro sendo mais tolerante ao sol e ventos fortes. Caça por meio da visão ou do tacto, sondando a água com o seu bico longo e fino, em busca das presas. É essencialmente carnívoro, alimentando-se de uma vasta variedade de invertebrados: insectos aquáticos, bivalves, gastrópodes, crustáceos, vermes e aranhas. Por vezes alimenta-se de alguns vertebrados como girinos e peixes. Formam casais monogâmicos de duração sazonal. O ninho é uma cova no solo, localizado na proximidade da água ou então um monte de vegetação em águas pouco profundas.

Curiosidades: O nome espanhol desta espécie, “cigueñela”, é bastante sugestivo, dado que as cores e a silhueta desta ave faz lembrar uma cegonha em miniatura.

SHARE

Guarda-Rios do Lima

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: